Livro Crime e Castigo

Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski

Não lembro o mês exatamente, mas sei que foi no começo de 2012 enquanto planejávamos nossa viagem para o Leste Europeu e Rússia para agosto de 2013 que o Thales me disse: Se vamos para a Rússia você tem como dever de viagem ler o livro Crime e Castigo do Dostoiévski, porque a história se passa em São Petersburgo e nós vamos para lá!

Capa do livro Crime e Castigo

Eu achei a ideia ótima, porém tinha receio de não conseguir. Pois ler esse livro requer mais do que concentração: é preciso entrar no clima da história para conseguir sentir a densidade de uma obra como esta.

O livro conta a história de Raskólnikov e sua luta contra sua própria mente na incapacidade de conviver com o assassinato que cometeu.

Todo o livro gira em torno de Raskólnikov, mas com várias outras histórias intercaladas e ligadas ao longo das 561 páginas.

Me lembro que na parte em que um típico camponês russo chicoteia seu cavalo até a morte, o modo como ele conta, parecia que eu estava lá sentindo e presenciando toda aquela cena! Fiquei tão tensa que tive que parar de ler um pouco para me recuperar.

Terminei o livro uns 10 ou 15 dias antes da viagem.

Tive muito tempo para ler todo o livro sem pressa. Quando lemos, temos que curtir a leitura, gostar do assunto, aprender, pesquisar palavras desconhecidas, enfim, um livro precisa ser saboreado bem devagar; como tomar um bom vinho. Aliás, nesse friozinho que anda fazendo, deitar na cama bem aconchegante e quentinha; pegar um bom livro e uma taça de vinho, ahhh, tem coisa melhor?

Ah! Já ia me esquecendo: existe um filme da BBC sobre o livro, bem resumido, claro, mas para quem já leu o livro é uma ótima experiência. Pra quem só quer ver o filme, ok, mas vai saber somente da história e fatos principais; os detalhes do livro que o deixam mais atraentes vai ficar sem conhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *