Vinho no Boulevard Tverskoy de Moscou

O boulevard de histórias em Moscou

Fomos direto para a Praça Vermelha encarar a fila para ver a múmia do ditador Lenin. Bem, não é uma múmia per se, mas o corpo embalsamado do cidadão, que morreu em 1924 e, portanto, está a dar o ar da graça há cerca de 90 anos. O mausoléu fica bem no meio da praça. Não se pode entrar com bolsa, mochila, nenhum tipo de equipamento eletrônico, nada. E também não pode ficar lá parado olhando para o corpo. Tem que ir andando e olhando ao redor da caixa de vidro com o cara dentro e sair rapidinho.

Antes de entrar no mausoléu é possível ver vários túmulos de personagens importantes da história, inclusive o túmulo de Josef Stalin, que assumiu depois de Lenin e que tocou o horror no país durante seus 31 anos de comando, até 1953.

Como a visita ao mausoléu foi rápida e ligeira, fomos fazer um walking tour pela cidade. Conhecemos um dos bairros mais velhos de Moscou, Kitay-Gorod, com suas ruas estreitas ao leste da Praça Vermelha. O bairro foi estabelecido no século XIII como um centro comercial e financeiro. Fomos passeando e sentindo o clima moscovita, de vez em quando parando para tomar uma aqui, outra ali…

Bairro Kitay-Gorod de Moscou

Continuamos caminhando pelo agradabilíssimo Boulevard Tverskoy, que desde o século XVIII é uma das ruas mais populares de Moscou para um passeio a pé. Um lugar aprazível e elegante! Inclusive no livro ‘Anna Kariênina’ de Liev Tolstói as irmãs Shcherbitskiye passearam ali. Tomamos um delicioso vinho em um dos cafés pelo caminho, ao som do ir e vir das pessoas e dos carros, num clima gostoso de fim de verão russo.

Fê no Boulevard Tverskoy de Moscou

Boulevard Tverskoy de Moscou

Boulevard Tverskoy de Moscou

O bulevar foi um dos pontos do passeio que durou cerca de cinco horas, passando por praças, estátuas, fontes, prédios históricos, mansões, igrejas e cujo final se deu no Parque da Lagoa do Patriarca. Esta área é famosa por abrigar a cena inicial do romance de Mikhail Bulgakov, ‘O Mestre e Margarida’. Não o li ainda, mas está aqui na nossa biblioteca!

Parque da Lagoa do Patriarca de Moscou

Parque da Lagoa do Patriarca de Moscou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *