Natal de Gramado

O charme de Nova Petrópolis, Gramado e Canela

Chegamos em Gramado no fim da tarde, demos aquela volta básica de reconhecimento e fomos para Nova Petrópolis, mais ou menos uns 30 quilômetros sentido Caxias do Sul.

Ficamos lá porque – lembram que comentei lá no primeiro post de preparações que os poucos hotéis que ainda tinham quarto disponível em Gramado estavam o olho da cara? Então, ficamos em Nova Petrópolis numa hospedaria para lá de boa, bota boa nisso. Villa Costaneira, que hospedaria aquela… Tudo era maravilhoso, a decoração, o conforto, a hospitalidade dos donos que te recebem muitíssimo bem e o café da manhã, o que era aquilo…

Café da manhã na Hospedaria Villa Costaneira

Resumindo, passamos o réveillon por lá mesmo, Gramado estava entupida de gente, trânsito… Ah não, deixamos a bela cidade para o próximo ano.

Ceia de Ano Novo
Nossa ceia de Ano Novo
Thales, Fê e Telma e nossa ceia de Ano Novo
Thales, Fê e Telma minutos antes de 2013

Acordamos em 2013 e fomos conhecer a bela Gramado que minha mãe me fala desde que eu era criança. E ela não falou à toa, Gramado é linda! Tudo muito organizado, bonito, limpo e lógico, um pouquinho caro.

Natal em Gramado

Fomos primeiro andar pelas belas ruas todas enfeitadas nessa época do ano. Passamos pelas lojas e a Telma que já estava morrendo de frio comprou uma blusinha térmica que apelidamos de “blusa télmica”. Na Rua Coberta nós paramos no Caracol Gourmet para tomarmos o famoso chocolate quente e comermos um waffle com creme de queijo – hummmmmmm, que desbunde!!!

Chocolate quente com waffle de creme de queijo

Depois fomos para Canela. Estava uma serração bem densa, mas no caminho fomos tirando muiiiitas fotos, como sempre – imaginem três pessoas tirando fotos do mesmo lugar, resultado: quase 1700 fotos!

Voltando à Canela, vejam essa foto da igreja bem no centro da cidade:

Igreja no centro de Canela

Não parece filme de terror?

Bom, jantamos por lá, tomamos uma sopinha para aquecer e depois fomos descansar para a maratona do próximo dia.

O dia já começa com aquele maravilhoso café da manhã da hospedaria. Nossa, esse café você tem que comer devagar, experimentar os sabores e curtir o lugar que é uma graça! Super bem decorado e muito agradável. Depois do banquete, uma paradinha no pórtico de Gramado para mais fotinhos e partimos para o Lago Negro onde demos uma volta pelo parque que é muito bonito e agradável.

Pórtico de Gramado e Parque do Lago Negro
Acima, Fê, Thales e Telma no pórtico de Gramado. Abaixo, Parque do Lago Negro

Depois fomos ver a araucária mais antiga do mundo com aproximadamente 700 anos e 42 metros de altura! O famoso Pinheiro Grosso, sem trocadilho.

Araucária mais antiga do mundo

Aí foi a vez do Parque do Caracol para apreciarmos a cascata com 131 metros de altura e a mais famosa do Rio Grande do Sul! Aí o Thales e a Telma inventaram de descer a escada íngreme com 730 degraus para ver a cascata mais de perto. Foram! Eu fiquei dando uma volta pelo parque, enquanto os dois puderam avistar a cascata mais de perto, mas tinham que voltar logo porque estava quase na hora do nosso próximo passeio. Esses dois chegaram colocando o coração pra fora! Pudera: o guia dizia que a caminhada era de aproximadamente 40 minutos, só não sei se é descendo e subindo os degraus ou somente para descer que leva esse tempo; só sei que eles subiram e desceram em 40 minutos, aff.

Parque do Caracol

Nem deu tempo deles descansarem e já saímos correndo para subir a bordo do ônibus que faz o Roteiro de Agroturismo. São três roteiros: o Quatrilho, o Raízes Coloniais e o Mergulho no Vale. Cada dia é um roteiro, fizemos o Mergulho no Vale que passa pelas plantações de uvas, pelas casas antigas, por um moinho, um museu e por fim é servido um café colonial na casa de colonos italianos. Bom demaissss!!!!

Roteiro de Agroturismo Mergulho no Vale

Chegamos no fim da tarde e fomos caminhar um pouco mais pelas ruas de Gramado para a noite ver o acender das luzes do Natal Luz. Imperdível!

Natal Luz de Gramado
Natal Luz de Gramado

Dia 3 de janeiro de 2013 depois do delicioso café da manhã em Nova Petrópolis, saímos sentido Bento Gonçalves (veja o post), a última cidade do roteiro da nossa viagem.

E depois desse longo dia, chegar na pousada e poder ir na sauna, relaxar no ofurô e tomar uma bela ducha, tudo nessa sequência… ah, é bom hein!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *