Estação de metrô Novokuznetskaya de Moscou

O metrô de Moscou

Penúltimo dia em Moscou, mas esse será o último dia de passeio pela cidade.

Fomos conhecer o Kremlin. Entramos pela entrada 20 (veja foto abaixo) que já sai bem ao lado do museu. Mas como não se pode entrar com mochila o lugar de guardar é bem perto do local de venda do ingresso.

Mapa do Kremlin

No museu não podia tirar foto. Vimos joias, roupas, mas a coisa que mais me chamou a atenção foram as carruagens. Nunca tinha visto uma de verdade. Havia várias com tamanhos e modelos diferentes.

Nunca vi tanta igreja em uma área tão pequena! Dentro dos muros do Kremlin existem três!

Igrejas do Kremlin

E uma pracinha apetecível, bem florida…

Pracinha do Kremlin

No fim da tarde fomos fazer o tour final por 10 estações de metrô. Acho que fomos nas mais famosas, que são verdadeiras obras de arte.

Na linha 2 (verde) conhecemos as estações MayakovskayaNovokuznetskaya.

Estação de metrô Mayakovskaya de Moscou
Estação de metrô Mayakovskaya
Estação de metrô Novokuznetskaya de Moscou
Estação de metrô Novokuznetskaya

Na linha 3 (azul marinho) as estações Ploshchad Revolyutsii  e Partizanskaya.

Estação de metrô Ploshchad Revolyutsii de Moscou
Estação de metrô Ploshchad Revolyutsii
Estação de metrô Partizanskaya de Moscou
Estação de metrô Partizanskaya

E na linha circular 5 (marrom) passamos pelas estações Kievskaya, Krasnopresnenskaya, Belorusskaya, Novoslobodskaya, Prospekt Mira, Komsomolskaya e Taganskaya.

Estação de metrô Kievskaya de Moscou
Estação de metrô Kievskaya
Estação de metrô Krasnopresnenskaya de Moscou
Estação de metrô Krasnopresnenskaya
Estação de metrô Belorusskaya de Moscou
Estação de metrô Belorusskaya
Estação de metrô Novoslobodskaya de Moscou
Estação de metrô Novoslobodskaya
Estação de metrô Prospekt Mira de Moscou
Estação de metrô Prospekt Mira
Estação de metrô Komsomolskaya de Moscou
Estação de metrô Komsomolskaya
Estação de metrô Taganskaya de Moscou
Estação de metrô Taganskaya

Para dar mais emoção, fomos tirar esse monte de fotos bem hora do rush! Não foi proposital, mas imagina nós e outros turistas, como sempre: parados no meio da estação olhando para cima tentando achar o melhor enquadramento para as fotos e ao mesmo tempo apreciando a arte no teto e aquele monte de gente passando, entrando, saindo… Foi, digamos, bem diferente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *